Projetos Institucionais

HORTATUGA

Professoras: Andrezza, Eliane e Simone

Turma: Maternal 2

Ano: 2016


Período: Março à Junho


Atualmente, muito se tem discutido sobre a revitalização dos espaços no CEI buscando cumprir o importante papel de desenvolver o comprometimento das crianças com o cuidado do ambiente escolar: cuidado do espaço externo e interno da sala ou do CEI, cuidado das relações humanas que traduzem respeito e carinho consigo mesmo, com o outro e com o mundo.
        Em nossa instituição, alguns espaços já começaram a ganhar novos formatos e cores. Agora chegou a vez da nossa horta receber uma transformação.  
        As crianças, pais e funcionários serão ouvidos a darem sugestões para a modificação do espaço, o que pode ser mudado e como esta mudança será realizada. 
        Neste contexto, o cultivo de hortas escolares pode ser um valioso instrumento educativo para as crianças do Maternal 2. O contato com a terra no preparo dos canteiros e a descoberta de inúmeras formas de vida que ali existem e convivem, o encanto com as sementes que brotam como mágica, a prática diária do cuidado – regar, transplantar, tirar matinhos, espantar formigas é um exercício de paciência e perseverança até que a natureza nos brinde com a transformação de pequenas sementes em verduras e legumes viçosos e coloridos.
Escolhemos a tartaruga para representar a horta em nossa instituição porque no primeiro momento pensamos em criar uma mandala – como é algo muito visado em outros lugares, optou por este animal, por ter um corpo que faz lembrar uma mandala, faz parte do nosso ecossistema, por alimentar-se de frutas doces, verduras e legumes, 

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

*       Participar de diferentes atividades envolvendo a observação, a pesquisa, a comunicação e o registro desses conhecimentos.
*       Explorar o ambiente com a tartaruga a fim de conhecer suas características, cuidados básicos e a valorização da vida dos seres vivos;
*       Despertar o interesse das crianças para o cultivo de horta e conhecimento do processo de germinação;
*       Dar oportunidade aos alunos de aprender a cultivar plantas utilizadas como alimentos;
*        Conscientizar da importância de estar saboreando um alimento saudável e nutritivo; 
*       Participar do registro e aferição das medidas do novo formato do nosso canteiro;
*       Proporcionar as crianças a interação com diversas produções culturais, a fim de propiciar situações de aprendizagem que sejam significativas e transformadoras.
*    Realizar releituras das obras trabalhadas e incluí-las no espaço a ser revitalizado (PINTURA E MOSAICO);


______________________________________________________________________

Joinville, 12 de  Novembro de 2015

Projeto: Artes e Artistas... Flores e Cores... Nosso Jardim Pop Arte!

Professora: Andrezza Fabiane Herbert Teixeira de Azevedo
Auxiliar de Direção e Apoio Pedagógico: Maria José Anselmo Filus
Diretora: Simone Gonçalves Policarpo
Turma em que o projeto foi aplicado: 2º Período – crianças de 05 anos.

Em 2015 o CEI Doce Infância foi climatizado, durante a utilização dos ares condicionados observamos que a água produzida por estes aparelhos tinha um só destino, o esgoto. Paralelamente as crianças também constataram através dos meios de comunicação à falta de água. Percebemos que teríamos que sensibilizar as crianças e famílias da importância da captação da água da chuva e dos condicionadores de ar.
            Dentro desta perspectiva, o uso racional da água foi apresentado às crianças com intuito de formarmos cidadãos preocupados com questões ambientais, procurando novas formas de reciclar a água utilizada em nosso dia a dia, aproveitando na irrigação das plantas e verduras, na limpeza e na própria brincadeira das crianças. Tivemos como objetivo apresentar as crianças soluções ambientais sustentáveis no ambiente escolar e refletir se estamos fazendo o bom uso desta riqueza chamada água.
Inicialmente começamos com a coleta do gotejamento da água dos 3 condicionadores de ar que ficam próximo ao jardim. Para a retenção desta água, enterramos um tambor com a capacidade 200 litros, erguemos um poço e sobre ele confeccionamos uma bomba de água feita com uma válvula de sucção, canos e conexões de PVC para a extração do líquido. Esta água foi coletada por um sistema de irrigação para as plantas, as crianças também utilizavam regadores para pegar a água e molhar as plantas.
Envolvemos as famílias e as crianças no processo de construção. Toda água extraída do poço foi e continuará sendo utilizada na irrigação das flores do jardim. Os tambores nos quais armazenamos a água foi decorado com o auxílio das crianças.
Porém, queríamos mais, como em nossa unidade já temos a coleta da água da chuva e no qual já fazemos o devido uso, percebemos a reclamação das crianças em estarem transportando os regadores cheios de água diversas vezes pela unidade. Assim nasceu a ideia de utilizarmos uma bomba e criarmos um jato manual só que adaptada em um tambor sobre um suporte com rodinhas. Foi uma festa podermos irrigar nosso jardim e plantas da horta sem dispor de tanto esforço físico.
O interesse das crianças foi tão significativo que em todo o processo elas participaram contribuindo com a construção do novo espaço. Nas nossas rodas de conversa sobre o projeto, o interesse em saber se era o dia de passearmos pela horta e de regarmos as plantas utilizando o jato manual foram presentes em nossas vivências.  
O zelo e o cuidado pela natureza foram aguçados mais ainda, através do plantio das flores, do cuidado com a terra e do destaque a importância da água para os seres humanos, os animais, as flores e as plantas. Entendemos que com pequenas ações podemos gerar novas atitudes e assim contribuir para a preservação deste bem tão precioso para todos a água, um dos principais elementos da natureza, pois cuidar bem da água é cuidar antecipadamente das futuras gerações.

Nome para contato – Maria José – 47- 34265860 - 99276487















PROJ 

      Percebendo a importância de envolver as crianças com o cultivo de plantas, a valorização e cuidados com o meio ambiente e a aquisição de hábitos alimentares saudáveis através do consumo de hortaliças, legumes e frutas, realizamos um trabalho utilizando o espaço da horta e jardim como um local vivo para inúmeras experiências, promovendo estudos, pesquisas, debates, descobertas, além de tornar um trabalho dinâmico e participativo. 

           As experiencias ligadas ao uso do solo como revolver a terra, plantar, arrancar o mato, podar, regar e colher representa uma forma de aprendizado saudável e criativo, além de proporcionar as crianças a satisfação de degustar os alimentos que ajudaram a cultivar e contemplar a beleza das flores plantadas.
             Portanto, a proposta do projeto: "Semeando o Saber" é transformar a horta e o jardim do CEI Doce Infância em um instrumento pedagógico, relacionando seus benefícios a um importante recurso pedagógico socioambiental


Nenhum comentário: